COMO PROTEGER-SE DAS HERESIAS E DOS FALSOS PROFETAS

PROIBIDO HERESIAS“…TENHA CUIDADO PARA QUE NINGUÉM LHE FAÇA PRESA SUA…”

    Esta é a razão principal por que a carta aos Colossenses foi escrita. Contudo, se considerarmos mesmo o que as Escrituras nos revelam acerca dos FALSOS PROFETAS e das HERESIAS, percebemos logo que não é nada fácil protegermo-nos deles biblicamente. Jesus revelou que os SINAIS E PRODÍGIOS que eles farão serão tais que se possível até os ESCOLHIDOS seriam enganados Mateus 24:24 (só não o são devido à proteção especial do Espírito Santo sobre eles). O apóstolo Paulo descreve a dissimulação deles com os disfarces do próprio satanás (veja II Coríntios 11:13-15 e 3,4). Todos os crentes sem conhecimento de causa consciente sofrerão muitos danos neste final dos tempos em que vivemos.

A PRINCIPAL DAS HERESIAS

    Às piores heresias se desenvolvem mui sorrateiramente, e depois de desenvolvidas são apresentadas como sendo “A MAIS PURA DAS VERDADES”, com argumentos sutis, lógicos e aparentemente bíblicos. Elas vão substituindo o ensino bíblico das Escrituras – “…fé que de uma vez para sempre foi entregue aos santos” (Judas v. 3), por “NOVOS E ATUALIZADOS CONCEITOS”, e vão diluindo o Evangelho Bíblico, para satisfazer INTERESSES humanos, produzindo esta principal das heresias, que tem acompanhado a igreja desde os primórdios.

    O AFASTAMENTO DAS ESCRITURAS HOJE É TÃO INTENSO E TÃO SUTIL QUE, A REDESCOBERTA OU O RETORNO AO SIGNIFICADO HISTÓRICO DO CONTEÚDO DAS ESCRITURAS É VISTO COMO HERESIA, E, COMO OCORREU NA REFORMA DO SÉCULO XVI, AQUELES QUE RETORNAM SÃO ODIADOS E PERSEGUIDOS. Você NÃO pode se esquecer de II Coríntios 11:3,4 e 13-15.

    Estes ensinos estão vestidos com as mais variadas roupagens (máscaras, fantasias), estes ensinos atingiram em cheio os pregadores e as igrejas neste século (mais do que em todos os anos interiores). Sua influência em tudo está à vista e é facilmente percebida pelos que foram guardados ou restaurados pelo Senhor. Influência claramente manifesta no CONTEÚDO geral da pregação, do ensino, dos estudos na ética (conduta das pessoas) e até nos MÉTODOS e ESTRUTURAS.

TEOLOGIA HUMANISTA

    Tem sido a principal apostasia da igreja ao longo dos séculos e devido ao leque da sua abrangência, é a causa e o centro dos sistemas teológicos que produziram o CATOLICISMO ROMANO; o LIBERALISMO, que questiona a integridade das Escrituras negando que ELAS são a Palavra de Deus (usando, porém muitos disfarces para não serem percebidos); o NEO-PENTECOSTALISMO, os conservadores e todas as “seitas” que surgiram ao longo desses dois mil anos de história da Igreja. É esta TEOLOGIA HUMANISTA, a heresia que norteia quase toda a pregação hoje e que está por trás de todo raciocínio, argumento e sentimentos dos que reagem contra o claríssimo ensino bíblico acerca da DEPRAVAÇÃO TOTAL do homem; contra a abundante revelação bíblica acerca da manifestação da graça soberana de Deus (os textos e os termos bíblicos são torcidos para tentar dar outro significado ao que realmente querem que signifique). Se você deseja saber mais acerca de como essas doutrinas fundamentais estão falsificadas hoje e para não ser enganado com “PALAVRAS PERSUASIVAS E VÃS FILOSOFIAS”, esteja atento com tudo o que se diz que é evangélico. Também esteja atento a qualquer ensino, que fere as Escrituras Sagradas, tentando, tirar dela a veracidade real; e embutindo nas chamadas doutrinas teológicas humanistas e até mesmo diabólicas, isto está em todo lugar. Fique atento santo de Deus hoje! E releia sempre os Kerigmas 100 à 104.

    É esta “teologia” também que produz os “evangelhos” da BÊNÇÃO, da PROSPERIDADE, das REVELAÇÕES, VISÕES, LÍNGUAS ESTRANHAS, PROFECIAS e das CURAS, que só tem um objetivo, engrandecer a pessoa que realiza estes dons, ou a denominação religiosa que está por detrás, e se esquecem de que toda a glória e honra é para Deus (não que nós não cremos nisso, cremos na ação de Deus poderosamente, o que Deus operou na vida de alguém e opera, isto não pode ser para projeção do chamado Evangelho ou de qualquer pessoa. Também o “evangelho” LIBERTINISTA ou ANOMISTA (que converte a GRAÇA de Deus em dissolução, ou seja, levar uma vida de qualquer maneira neste mundo, e não como o estrangeiro aqui – Judas v. 4 e Romanos 6:1,2), argumentando que são crentes, que são salvos e que por isso podem viver como quiserem por que não perderão a salvação. O fato é que com tal conduta e tais argumentos eles negam que sejam salvos, ignorando o que diz as Escrituras em: I João 3:3-6;

    Mateus 7:23 (21-23); Romanos 8:13,14; Efésios 1:4, de 3 a 14; II Tessalonicenses 2:13,14. É a partir desta herética “teologia humanista” que se inicia o ESVAZIAMENTO DA SOBERANIA DE DEUS, que é relativizada em favor do engrandecimento indevido do homem, afetando profundamente a experiência da fé, a dependência concreta, a consciência sobre Deus, bem como a CONDUTA do homem que argumenta ou vive como se não tivesse que prestar contas a Deus de todos os seus ATOS, ATITUDES, PALAVRAS e PENSAMENTOS – Romanos 4:12. É impressionante que, devido a esta heresia, que é o elemento norteador do pensamento evangélico – ao ponto de alguns grupos hoje, mudar a SOBERANA VONTADE DE DEUS, e esta só é mencionada quando ela é do interesse do indivíduo (humanista), e ignorando, intencionalmente, que é Deus quem ORDENA e DIRIGE TODAS AS COISAS no Céu e na terra, inclusive cada um dos passarinhos que cai em terra para ser vendido por uma moedinha insignificante. Veja Mateus 10:29,30.

SEM UMA NOVA REFORMA A IGREJA CAMINHA PARA A APOSTASIA

    Podemos ter certeza de que a parábola do “JOIO SEMEADO PELO INIMIGO NO TRIGAL DO SENHOR” (Mateus 13:24-30), tem tudo a ver com esse “Evangelho humanista” e que se não fora os “SETE MIL” fiéis que o Senhor sempre preserva entre o Seu povo, TODA A IGREJA JÁ TERIA SE APOSTATADO neste século. Pode ter certeza também de que o falso ensino é responsável pelo grande número de membros de igrejas não convertidos hoje (o joio). Este é um dos efeitos mais desastrosos desse ensino hoje, porque apresenta um “evangelho” de ilusões ao custo de alteração do CONTEÚDO CENTRAL da revelação bíblica, gerando uma pregação em função do homem e não da GLÓRIA DE DEUS.

    Também, a grande crise por AVIVAMENTOS hoje é um dos efeitos desse ensino distorcido que em função dos pregadores, e de um evangelho falsificado, facilita o enchimento das igrejas de “crentes” incrédulos para depois não se saber o que fazer. Então apela-se para o “avivamento” e fabrica-se avivamentos, aprimora-se métodos e estruturas, mas nada muda. O avivamento que os crentes precisam hoje é de OBEDIÊNCIA, de INTEGRIDADE, o qual virá através de Juízos de Deus. É nessa direção que precisamos orar. Mudanças sociais e nas estruturas eclesiásticas são outra coisa – fazem parte da economia divina. O dever natural de todo crente é viver segundo a Palavra de Deus, e para isso não precisa sair por aí produzindo avivamento, mas sim cada crente tendo no seu caráter dia a dia uma conversão autêntica e tendo nos seus líderes espirituais não palavras de incentivos, mas alimento sólido todo o dia.

Olhando para a História, para a realidade contemporânea e para Colossenses 2, e as outras porções bíblicas que tratam da questão dos ensinos e dos falsos profetas, fica muito claro, à luz da história da igreja, que o evangelho humanista é o GÉRMEN DE TODAS AS HERESIAS e a causa de todas as SEITAS e das religiões chamadas pagãs. Todas elas são FILOSOFIAS E VÃS SUTILEZAS SEGUNDO A TRADIÇÃO DOS HOMENS, SEGUNDO OS RUDIMENTOS DO MUNDO.

    Ao abrirmos Gênesis 3:1-6; Mateus 4:1-8 e Jó 2:4,5 é fácil perceber que esse é o ensino do diabo. Tudo o que ele faz e induz os homens a fazerem e a desejarem gira em torno dele. É só você ponderar para perceber.

CONCLUSÕES PRÁTICAS

    O 1º passo para proteção contra os falsos ensinos, os falsos profetas e as seitas É ATRAVÉS DO PLENO CONHECIMENTO DO MINISTÉRIO DE DEUS – CRISTO, conforme está em Colossenses 2:2,3,9 e 10. Esta é a razão de todo ensino acerca de Jesus.

    Abra Mateus 24:23,24 e 7:22 para recordar que Jesus é o assunto central e é usado por todos os falsos profetas. A síntese de tudo é que todas as SEITAS surgem e subsistem em torno de Jesus Cristo. Alguns negando a Sua divindade ou a Sua humanidade e/ou a Sua absoluta suficiência. Outros falsificando ou rejeitando o significado, o conteúdo, a integridade, a credibilidade e a autoridade do Seu ensino. Alguns se apresentando, como tendo recebido NOVAS REVELAÇÕES d’Ele, e um NOVO PODER, e até se apresentando como sendo Ele mesmo, uma encarnação Dele. Ainda, ensinos relacionados com a natureza e extensão da Sua OBRA EXPIATÓRIA, da Sua MORTE, RESSURREIÇÃO e VOLTA, bem como da natureza e extensão da Sua AUTORIDADE e SOBERANIA. É necessário recordar que, em síntese, todas os ensinos e manifestações de falsos cristos, falsos mestres, falsos profetas e falsos apóstolos, giram em torno de Jesus Cristo, bem como todas as manifestações religiosas e cultos não cristãos.

    Satanás conhece as Escrituras. Os falsos profetas e as seitas, conquanto esteja debaixo da SOBERANIA DE DEUS, são administradas por ele (satanás). Por isso o disfarce deles é muitíssimo eficiente. Reveja II Coríntios 11:13-15. E pior é que a maioria deles acredita que são profetas de Deus mesmo.

    Com a aproximação do fim haverá mais mentira, mais hipocrisia e cada vez falsificação mais oculta do Evangelho. Todo crente que buscar qualquer coisa para si mesmo sofrerá muitos danos. Neste tempo, que já chegou, a principal maneira de identificar os falsos profetas não será pelo que eles dizem, MAS COMO ELES FALAM (veja Juízes 12:6; Mateus 7:23) e PELO QUE ELES FAZEM (que é mais difícil de perceber). Minha grande tristeza é ver pessoas piedosas na fé, que estão sendo enganadas, ao ponto de acreditar que quando falam de dinheiro. E pedem sem parar mesmo, acham que isso é coisa normal. Que cegueira! Que pena!

    Cuidado, muitos falsos profetas nem sabem que o são. Se você se deixar atrair por pessoas que se apresentam com poderes sobrenaturais, que recebem revelações, têm visões e poderes especiais na oração, com certeza você será envolvido com ensinos destruidores (II Pedro 2:1).

    O 2º passo é VOCÊ ANDAR EM CRISTO CONSCIENTEMENTE, que é o propósito do passo anterior. Esta é a razão de Colossenses 2:6,7. Crentes que não andaram conscientemente em Cristo cairão nas redes dos falsos cristos e falsos profetas.

   O 3º passo é a ORAÇÃO consciente. Oração pessoal clamando a Deus por discernimento, e a INTERCESSÃO consciente e efetiva dos salvos uns pelos outros, tal como o apóstolo Paulo (Colossenses 2:1,2 e 1:9). Só que, conforme Mateus 24:10,12; 10:34-36 e Lucas 18:8 isso vai ficar muito difícil nesse tempo. Perece ironia, mas por um lado os crentes mais piedosos, aqueles que buscam uma vida de comunhão viva e sincera com Deus é que são os mais vulneráveis. Por outro lado aqueles que pouco se interessam pelo estudo e crescimento no conhecimento de Deus e convívio deliberado e consciente com e através da Sua Palavra, conforme a “fé” que de uma vez para sempre foi entregue aos santos, NÃO ESCAPARÃO. Os primeiros são vulneráveis, mas não cairão. Mesmo que sofram o Senhor os guardará. De que lado você está?

                                            PARA SUA AUTO-AVALIAÇÃO?

    A aceitação CEGA das doutrinas evangélicas revela que a pessoa não é um CRISTÃO, porque ela não tem consciência do que crê; ela não sabe no que crer. Sendo assim ela não possui o conhecimento bíblico utilizado pelo Espírito Santo para conceder a fé salvadora. CADA PESSOA que é de fato um servo de Deus, e por isso um DISCÍPULO DE JESUS CRISTO, é alguém que sabe EM QUEM CRÊ (na pessoa de Jesus Cristo) e no que crer; (nos fundamentos da fé cristã bíblica). Veja II Timóteo 1:12; Gálatas 5:17; II Pedro 3:18; I Pedro 3:15; Atos 6:7.

    O conhecimento da DOUTRINA CORRETA, bíblica de fato, e a sua aceitação, não significa que a pessoa seja cristã. A aceitação de doutrinas cristãs não é, por si só, RENDIÇÃO A CRISTO. A aceitação das doutrinas é apenas a aceitação de um SISTEMA RELIGIOSO, que infelizmente parece ser o que acontece com um número muito grande nas igrejas e nas lideranças hoje. O trabalho ardoroso de muitos é na verdade “pelo sistema”. Jesus é apenas um pretexto.

    Cristão é aquele que se encontrou e que convive com a PESSOA DE JESUS CRISTO (Atos 9:4,5; Colossenses 1:27; 2:5,6); que se rende a Ele, que vive como Seu servo. Se Jesus não for o SENHOR da pessoa ela não é cristã (Romanos 10:9; Gálatas 2:20). Ela apenas professa uma doutrina ou se identifica com uma organização religiosa. Esta é uma das principais razões porque há muitos crentes nominais nas igrejas hoje. O evangelho pregado hoje é sobrecarregado de “HUMANISMO”, ou seja, é voltado para o interesse e o bem-estar do homem como tal. O próprio CÉU é apresentado nessa perspectiva. A salvação ou o reatamento da comunhão do homem com Deus é apresentado por causa do homem e não por causa da GLÓRIA DE DEUS, conforme Efésios 1:3 a 14. Por isso é basicamente uma farsa.

    Não esqueça – o simples interesse e esforço para com a leitura e assimilação das Escrituras e aplicação na vida diária de cada mandamento é uma pista de quem é quem. Não deixe para acordar só na última hora. OLHE LUCAS 21:36.

    Que o Pai das luzes te ajude nesta hora tão sublime!

Seu amigo,

Pastor Dalton Ramos

Dê a sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: