O pardal encontrou casa, a andorinha ninho para si…

João Alexandre

Autor – Jorge Camargo

Quão amáveis são os Teus tabernáculos,
Senhor dos Exércitos!
A minh’alma suspira e desfalece pelos Teus átrios!
O pardal encontrou casa,
a andorinha ninho para si…
Eu encontrei Teus altares,
Senhor Rei meu e Deus meu…Bem-aventurados aqueles que habitam em Tua casa…
Pois um só dia, Senhor, nos Teus átrios, vale mais que mil… Pois o Senhor é sol e escudo, dá graça e glória!
Não negará bem algum aos que vivem corretamente…

 

Dê a sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: