«

»

A faculdade da felicidade


Querendo ou não, iremos todos envelhecer.

As pernas irão pesar, a coluna doer, o colesterol aumentar.

A imagem no espelho irá se alterar gradativamente e perderemos estatura, lábios e cabelos. 

A boa notícia é que a alma pode permanecer com o humor dos dez, o viço dos vinte e o erotismo dos trinta anos.

Erótica é a alma que se diverte, que se perdoa, que ri de si mesma e faz as pazes com sua história. 

Que usa a espontaneidade pra ser sensual, que se despe de preconceitos, intolerâncias, desafetos. 

Erótica é a alma que aceita a passagem do tempo com leveza e conserva o bom humor apesar dos vincos em torno dos olhos e o código de barras acima dos lábios; erótica é a alma que não esconde seus defeitos, que não se culpa pela passagem do tempo. 

Erótica é a alma que aceita suas dores, atravessa seu deserto e ama sem pudores… 

Telma Murat

1 comentário

  1. Euripedes Castello

    Concordo com o que se afirmou que a vida começa aos 60 e com as considerações da Telma Murat sobre a alma, principalmente que erótica é a alma que aceita as suas dores, atravessa seu deserto e ama sem pudores. Um abraço a todos os meus amigos acima e abaixo de 60 anos.

Dê a sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: