8 de Março – Dia de Grandes Mulheres – Flora, filha e netas!

Flora Soares de Andrade, filha e netas

Geração de Mulheres Valentes

Intempestivamente nos vemos num deserto…
Realidade árida…
Atmosfera pesada…
Num relâmpago de segundo, podemos enxergar uma batalha…
Os olhos materiais não vêem…
Somente o coração sente.
Coração convertido sente diferente.
Uma lágrima que teima na retina…
Dos lábios do General finalmente se descortina.
Com línguas de fogo e a espada na mão…
É a resposta da oração!!!
Carol, Renata e Sandra perguntam:
Senhor, Como?
E o General tem a resposta enfática e especial…
Não se incomodem com o por quê, o mais importante é o para quê…
A fé se agiganta.
O fracasso é derrotado.
A dor é dissipada.
E o General prossegue…
Eis que as coloco no meio do inferno,
Para resgatar almas, para o reino.
Sandra, Renata e Carol…
sejam valentes!!!
Nunca vos abandonarei.

Dela, Flora, eu cuidarei.
Há rosas em meio aos espinhos…

Colham todas as rosas para mim.
Creiam somente.
Geração de mulheres valentes!

Este poema foi escrito no período em que minha mãe estava internada no INCA, pela minha amiga Rosane Sacramento Arimathéa – Novembro de 2005

REVIFÉ

Dê a sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: