Aprenda a amar a sua própria companhia!

O que vou dizer não é que você não deve querer se envolver com uma pessoa pela vida toda ou estabelecer laços de amizades fortes. Pelo contrário, deve fazê-lo! Mas sua felicidade não pode estar atrelada a necessidade de tê-los. Amor é uma escolha, estar junto é escolher estar ao lado de alguém. Mas e quando essa pessoa te falta?

Hoje faz 3 meses que meu avô paterno faleceu. Eu sou um tanto relapsa em procurar as pessoas, uma falha minha. Mas estava lavando a louça e lembrando da tristeza da minha avó ao perder seu companheiro de vida e disse a mim mesma: AH EU ME BASTO. Mas aquela “voz” do Espírito Santo batendo lá no profundo dizendo: tem certeza? Você passa seus dias conversando por redes sociais, você está sempre envolvida com projetos que envolvem pessoas, você ama uma boa companhia para fazer as coisas, …

Parei para refletir! A vida cristã nos leva a um ensinamento de dependência e independência. Depender de Deus, ama-Lo acima de tudo e ao próximo como a nós mesmos; mas ao mesmo tempo Ele nos ensina que ELE nos basta, que segui-Lo muitas vezes requer abrir mão de família, certos amigos, muitas vezes se ver só, talvez até como Jó.

Em um plano terreno, onde falamos de companhias físicas, Jesus estava sozinho em muitas situações como no Getsêmani, na Cruz e na ressureição.

Eu vejo tudo isso como Deus falando ame a sua companhia, saiba estar só, mas nunca distante de mim! Tive grandes momentos com Deus. Uma presença que traz paz e alegria que não dura somente um momento, não é uma sensação, é algo que perdura.

Ninguém nasceu para ser sozinho, mas ao cortar o cordão umbilical ali vivemos uma experiência que diz: você é um ser independente!

Somos independentes, mas precisamos ser dependentes, mas somente de Deus. Se for pra condicionar a sua alegria que seja a quem pode realmente te promover isso perpetuamente e não temporal!

E minha avó? Segue chorando! A gente quando ama não é uma questão de dependência, é uma questão de querer estar ao lado de quem amamos para fazer o outro bem, não para nosso único contentamento. Porque me diz… há algo mais gostoso do que fazer alguém feliz?

Obrigada Jesus! Obrigada Papai!

Carolina de Andrade

Dê a sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: